Por que não se deve lavar carnes cruas? 

Entre os brasileiros existe o hábito de lavar a carne, seja ela de gado, frango ou porco. Antes de prepará-la, muitos a colocam literalmente debaixo da torneira e sem nenhuma dor na consciência. Entende-se que tudo o que se lava, fica mais limpo. Mas no caso da carne, não é bem assim. A água não consegue retirar as bactérias que, porventura, estejam presentes neste alimento.

  
O perigo em se Lavar Carnes

Não se deve lavar as carnes antes de prepará-las, pois aumenta o risco de contaminação cruzada que é a uma transferência de micróbios patogênicos (causadores de doença) de um alimento contaminado (normalmente cru) para outro alimento, direta ou indiretamente. Ela pode ocorrer na área de manipulação a qualquer momento. O processo de lavar carne causa uma veiculação maior de bactérias na cozinha devido ao espirro de gotas de água.

Matéria do Site do Fantástico 

É praticamente uma tradição: frango tem que tomar banho antes de ir para panela.

“Com bastante água”, diz uma jovem. “Lavo todinho antes, com água e vinagre. Depois é que eu faço”, revela Odete Miranda Silva, dona de casa.

Dona Célia concorda: “Lavo ele com água, espremo limão, enxáguo. Pra tirar o cheiro. A gosminha também, porque fica uma coisa escorreguenta”.

O hábito de lavar carnes cruas, como a do frango e a do peixe, pode trazer riscos à saúde. É que, durante a lavagem, as bactérias que geralmente vêm nesses alimentos, em vez de irem para o ralo, podem se espalhar ao redor da pia.

“A bactéria que está no frango, você vai cozinhar, você vai matar. E na pia, não. Ela vai espirrar. Ela pode espirrar no prato que você vai pôr a sua comida, ou espirrar numa salada. E isso vai acabar contaminando. Esse que é o problema”, afirma Maria Teresa, microbiologista.

O assunto é sério. Tanto que fez duas universidades dos Estados Unidos lançarem a campanha “não lave seu frango”. Uma pesquisa mostrou que 90% das donas de casa e cozinheiros americanos costumam lavar o frango antes de cozinhá-lo.


O que fazer?

Ao comprar a carne, deve-se dividi-la em porções e congelar em vasilhas ou sacos plásticos. No momento do preparo, depois de cortar e antes de fazer o prato, deve-se fazer a limpeza com água quente e escaldar principalmente se for carne de frango ou porco.  

A escaldagem é sempre recomendada porque reduz a carga microbiana logo no início do preparo e, ao cozinhar, fritar ou assar, a bactéria é completamente eliminada. 

A carne contaminada pode causar infecções intestinais e os seus sinais podem ser dor abdominal, diarreia e vômitos podendo, ainda, levar à desidratação. 

O cuidado no preparo de alimentos é essencial para a manutenção da saúde, sendo assim, deixo a dica: Evite usar tábuas para cortes de alimentos em madeira ou plástico, o ideal é usar tábua de vidro, utilize tábuas separadas para cortes de carnes e verduras e evite usar lixeiras em cima da pia.
Fontes: Revistasaude, g1.globo

Anúncios

2 comentários sobre “Por que não se deve lavar carnes cruas? 

    • tudoquevale disse:

      Na hora de preparar o peixe não deixe dentro d’água. Deve ser limpo, lavado rapidamente e estar bem enxuto, para depois ser temperado.

      Mas leve em consideração essa dica, se você não abre mão de lavar esses alimentos, sempre que tiver mexendo com qualquer produto cru, seja salada, carne de bovino, frango, peixe, tira tudo que está pronto para comer, louça limpa de perto. Limpa tudo diretinho. Não precisa nem ser cloro, você pode lavar com água quente, jogar água quente em cima.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s