Batata Rösti/ Batata Suíça 

Gostosa, saborosa e crocante. A Batata Rösti, Rostie ou Batata Suíça é um tradicional prato da região do Cantão de Berna, parte “alemã” da Suíça. A palavra Rösti, significa fina e crocante.
Veja também a receita de Rosti de Batata Doce

  

batatas médias (+/- 250 a 300g.)

Parmesão 

Azeite, sal e pimenta do reino

+/- 3 colheres de sopa do recheio de sua preferência*
Cozinhe as batatas por uns 6 a 8 minutos, para que comecem a ficar macias. Enquanto isso, prepare uma tigela com água gelada e um pouco de gelo. Retire as batatas da água quente e coloque-as na água gelada até resfriarem bem. Descasque as batatas e rale-as no ralo grosso do ralador. Tempere a batata com parmesão ralado (opcional), um pouquinho de sal e pimenta do reino.
Aqueça uma frigideira antiaderente pequena, unte-a com um generoso fio de azeite e arrume metade da batata ralada e temperada no fundo dela. Com uma espátula, vá apertando com cuidado para que não fique falhas e fique firme. Coloque o seu recheio* no centro da base e cubra com o restante da batata. Vá acertando a superfície com a espátula para que fique firme e não desmonte.
Depois de mais ou menos 10 minutos e com a ajuda de outra frigideira ou de um prato, vire a batata para dourar o outro lado pelo mesmo tempo. Sirva ainda bem quente.

* Para o recheio, você pode usar os ingredientes de sua preferência: cream cheese, bacon, calabresa, queijos, atum, cebola caramelizada, cogumelos, legumes, carne moída, carne seca, frango desfiado, frios picados etc. Para que a batata fique mais firme e não desmonte na hora de virar, tente sempre usar algum tipo de queijo, para que dê “liga” ao recheio.

  

Batata Doce – Batata Rosti (Suíça)

O que você faz quando está no fim do mês e sua dispensa tá tão vazia que faz eco?! 

Opção 1: Se desespera

Opção 2: Inveta receitas com as poucas coisas que te resta. 

Eu sugiro a opção dois. A verdade é que onde eu, pessoalmente, mais consigo criar, ou reproduzir receitas, é quando me vejo com apenas  um ingrediente. Acho que já contei por aqui, eu odeio comer a mesma coisa. Então, quando me vejo nessa situação, encaro como uma oportunidade de ser criativa. Usar o mesmo ingrediente de todas as maneiras imagináveis. Kkkkkk

Esse é o caso da batata doce. Já postei muitas receitas com esse alimento. 

Confira algumas: 

Chips de Batata Doce

Bolinho de Batata Doce

Batatas Gratinadas

Nhoque de Batata Doce 

Hoje foi dia da Batata Rosti ou Batata Suíça, como ela também é conhecida.

Pegue o caderninho e anote essa receita. É boa demaaaaaaais!!! 

Mari Souza

– 2  Batatas Doce Média descascada

– Pimenta do Reino

– Sal 

– Recheio de sua preferência (sugiro sempre acrescentar algum queijo que derreta bem, ao recheio) 

– 2 Frigideiras antiaderente pequenas,

–  Azeite 

  

Leve a batata descascada e inteira para cozinhar, cozinhe ela até o ponto que dê para fincar o garfo, não deixe ela muito mole, quando acabar o cozimento, resfrie com água para interromper a cocção.Rale (em ralador grosso) a batata e tempere com sal, pimenta do reino, misture.

Adicione um pouco da massa da batata em uma das frigideiras untadas, coloque o recheio de sua preferência (usei linguiça de pernil refogada, queijo provolone e um pouco de creme de leite) e cubra com o restante da massa, vá ajustando com uma espátula a lateral para que fique tudo coberto como se fosse um bolinho.

Deixe fritas até que você veja que a batata dourou, quando isso acontecer, pegue a outra frigideira e use de auxílio para virar a batata, deixe dourar também. Se tiver aquelas frigideiras para omelete, vai ser ainda mais fácil. 

Dicas: Quanto mais tempo você deixar ela “fritando”, mais crocante vai ficar. Mas cuidado pra não queimar. A batata quando queima fica muito amarga. 

Vale a pena, e pra acompanhar, vai bem como uma saladinha.